terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Mochileiros brasileiros & Futebol!


Quem é o Kazu?

A nação tupiniquim é apaixonada por futebol! Consequentemente os mochileiros brasileiros tem o ‘soccer’ nas veias...  Suas aventuras registradas pelo mundo sempre estão relacionadas com um ‘pelota’... Uma dessas histórias é a de Kazu!

O brasileiro em suas viagens sempre tenta assistir o jogo em algum estádio de alguma cidade qualquer, se não é possível, tenta entrar, invadir, ou no mínimo tirar uma fotinha em frente ao palco máximo do futebol! E o Kazu será que fazia isso?

E quando o mochileiro pensa em comprar uma lembrancinha pra trazer para casa, adivinha qual é primeira coisa que vem na mente brilhante: Uma camisa de futebol! Típico de brazuca... E pode parecer cômico, mas se você observar a foto da maioria dos mochileiros, lá estará ele com a camisa do seu clube do coração, uma bandeira, ou uma camisa da seleção do país... A foto do Kazu é uma dessas!

Quando o turistão brasileiro pensa em ir para Buenos Aires, um de seus planos malignos será assistir um jogo no Labomboneira. Se pensa em Barcelona, lembra do Camp Nou. Quando pensa na Inglaterra, lembra-se do Manchester, pensar na Itália é o mesmo que pensar no Milan, já pensar no Japão é óbvio: Kazu!
Eu não sou diferente, também sou apaixonado por futebol, e sempre quando chego numa cidade, lá vou eu na minha peregrinação futebolística... E quando os moradores locais descobrem que sou brasileiro, querem sempre jogar futebol comigo... E o pior: Acha que todo brasileiro joga um futebol parecido com o do Neymar, ou no mínimo como o futebol do Kasu!
Cada cidade uma história: Em Cusco fui ao estádio do Cienciano. Em Potosi, fui ao estádio mais alto do mundo. Em Viña del Mar, conheci o antigo estádio que o Brasil conseguiu o bicampeonato mundial, e, olha que andei muito para chegar até lá! Em Guadalajara entrei escondido no estádio Jalisco, do tricampeonato mundial. Em São Petersburgo o estádio do Zenit está cercado por água... A Arena Zagreb é um achado! Poucos são os mochileiros que vão conhecê-la... E o que dizer da modernidade do Allianz Arena em Munique... Dá até vontade de torcer pro time deles! Nos estádios brasileiros também tenho história, no Romeirão os torcedores do Icasa te dão amendoim e conhaque durante o jogo! E na frente do estádio do XV de Jaú fica a famosa placa em homenagem ao Kazu!


Nos países mais equidistantes, que não tem tanto contato com o futebol, os moradores me dizem: “Nossa o Maradona foi o maior jogador que vi jogar na seleção brasileira!” Pelo menos não erraram o continente! Eles também querem comprar minha camisa made Paraguai do São Paulo, ofereceram até 200 dólares... E não é que no Nepal ela foi roubada! Só ela... Imagina o quanto foi trágico tiras os restantes das fotos da viagem sem minha camisa preferida! E durante as travessias vou aumentando minha coleção de camisas de equipes desconhecidas: Strongest, Atlas, camisa do Kazu...

E veja só como são as coisas, pense no que estimula a maioria dos Brasileiros a viajar? Natureza, cultura, evolução espiritual... Nada disso...  Em primeiro lugar: fazer compras em Miami! Em segundo assistir seu time do coração em uma competição internacional... Veja o que a torcida do Corinthians está fazendo now!

E tentemos inverter a situação: Geralmente todo turista gringo que se lança em terras brasileiras, além de ver as mulatas e o samba, tem como principal desejo assistir um jogo de futebol no Maracanã, Morumbi ou Pacaembu. Viver uma experiência no meio da torcida brasileira, no chamado “País del Futebol”!  Tanto é, que nas andanças que fiz pelo mundo, sempre escutei a frase: “Meu sonho é assistir a Copa do Mundo no Brasil!”

É... Nos brasileiros vamos ter que conviver com essa relação intrínseca com o futebol! Você também deve estar se perguntando o que esse tal de Kazu tem a ver com essa história. Na verdade, conversas sobre futebol não fazem muito sentido, e essa não é diferente das demais... E quando na sua viagem falarem sobre o Pelé, assunto quase inevitável, diga: “ Pelé! Que nada, você não conhece o Kazu!”

5 comentários:

  1. Estou aqui lendo seu blog e gostando muito; muito bom ler relatos de viagens.
    Cheguei aqui pois estava procurando informações sobre viagem à Manaus (mas especificamente com intuito de caminhar na floresta).
    Você tem alguma dica de guia/agência de Manaus que tenha roteiro de alguns dias pela parte da natureza lá no Amazonas?

    ResponderExcluir
  2. O início fiquei me perguntando sobre o danado do Kazu e me supreendi no final. Eu não curto muito futebol deve ser por isso, mas achei o texto muito bacana.
    Irei ler outros, um abraço



    Mochilando - Viajar Barato Europa

    ResponderExcluir
  3. Kkkk... danado esse Kasu mesmo.... Que bom q vc gostou... Sempre tentamos escrever uma crônica um tanto quanto diferente... Inté...

    ResponderExcluir
  4. Uma dúvida, quando você esta viajando vc dorme todos os dias em hostel ou tem dias que você dorme na rua ou rodoviárias? vc faz pequenos trabalhos para ajudar nas despesas? é dificil de arrumar?

    ResponderExcluir
  5. Durmo nos Hostels, outros dias durmo nos ônibus durante a viagem, dependendo das circunstâncias e horário de chegadas em algumas cidades, Aguardo amanhecer no terminais e aeroportos... Nunca trabalhei durante as viagens... Se vc é Cabeleireiro, tem experiência no ramos de restaurantes, pode encontrar sim bicos em diversos países do mundo.... Espero ter ajudado... Inté!

    ResponderExcluir